O Espião de D. João II por BARROQUEIRO, DEANA
Preço: 17,90 Euros
Páginas: 576
ISBN: 9789897412349
Na demanda dos segredos do Oriente e do misterioso reino do Preste João

Pêro da Covilhã, o formidável espião de D. João II, injustamente esquecido pelos historiadores e quase desconhecido dos portugueses, é uma personagem histórica invulgar, cujas acções tiveram enorme repercussão no xadrez político da Europa.
Escudeiro do rei, que o escolhia para as missões mais secretas e arriscadas, era dotado de qualidades e talentos excepcionais: memória
fotográfica, extraordinária aptidão para aprender línguas, mestria na arte do disfarce para assumir as mais diversas identidades, capacidade de adaptação ao imprevisto, perícia no manejo de todas as armas do seu tempo, uma imensa coragem e espírito de sacrifício, ideais cavaleirescos da Demanda, da Aventura e do culto da Mulher e do Amor.
Em 1488, Pêro da Covilhã e Afonso de Paiva são enviados, ao mesmo tempo que Bartolomeu Dias, a descobrir por terra o que o navegador ia demandar por mar: uma derrota para as especiarias da Índia e notícias do misterioso reino de Preste João. Disfarçado de mercador do Al-Andalus, o espião de D. João II vai realizar proezas admiráveis que causaram espanto no mundo do seu tempo.


Deana Barroqueiro nasceu nos Estados Unidos da América, em 1945. Filha de emigrantes, atribui à sua ascendência murtoseira e lisboeta, assim como à longa viagem de transatlântico, de Nova Iorque para Lisboa, aos dois anos, a génese da sua paixão pelos Descobrimentos Portugueses e seus protagonistas.
Inicia a sua actividade como autora de romance histórico com os sete volumes da colecção Cruzeiro do Sul (2002-2004). Publica Contos Eróticos do Velho Testamento (2003), traduzido e editado em Espanha, Itália e Brasil, e Novos Contos Eróticos do Velho Testamento (2004), a que se seguem os romances D. Sebastião e o Vidente (2006), vencedor do Prémio Máxima de Literatura 2007 (Prémio Especial do Júri), O Navegador da Passagem (2008), O Espião de D. João II (2009, com nova edição revista em 2015), Tentação da Serpente (reedição dos Contos, 2011) e O Corsário dos Sete Mares (2012).
MULTIMÉDIA
O livro não tem multimédia
COMENTÁRIOS

Não existem comentários para este livro